UEPG RECEBE PESQUISADORES ESTRANGEIROS PARA CURSO DE MANEJO
04/11/2008 - 00:00 AM
 
      Aproximadamente 16 integrantes de universidades localizadas em diferentes países da Ásia e da África, participam da 3ª edição do curso internacional ‘Manejo da matéria orgânica do solo e as relações com os sistemas de produção e cobertura vegetal’, promovido pelo Departamento de Ciência do Solo e Engenharia Agrícola, da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), em parceria com o Centre de Coopération Internationale em Recherche Agronomique pour le Developpement (CIRAD). A solenidade de abertura oficial do curso, aconteceu no Auditório do Observatório Astronômico da UEPG, localizado no Campus de Uvaranas, nesta segunda-feira (03/11) pela manhã. O objetivo do curso, além do fortalecimento das relações de cooperação científica com o CIRAD, também visa contribuir para disseminar conhecimentos para a conservação dos solos nos sistemas agrícolas das regiões tropicais. O convênio tem aplicação até 2010 e se desenvolve a partir de três pontos. O primeiro é o treinamento de pesquisadores, a partir da criação do curso. No segundo, ocorre a análise das amostras coletadas nos experimentos dos diversos países participantes do curso (a UEPG já analisou mais de três mil amostras enviadas pelos pesquisadores). A terceira etapa envolve a cooperação científica na interpretação dos dados. Naquele ato solene estiveram presentes o reitor João Carlos Gomes; o pró-reitor de Pós-Graduação Benjamim de Mello Carvalho; o diretor do Setor de Ciências Agrárias e de Tecnologia, Eduardo Fávero Caíres; o chefe do Departamento de Ciências do Solo e Engenharia Agrícola, Pedro Henrique Weirich Neto; o coordenador do curso de Agronomia, Rodrigo Matiello; o presidente da FAUEPG, Milton Xavier Brollo e o coordenador do curso internacional, João Carlos de Moraes Sá, além dos alunos estrangeiros. O professor-doutor João Carlos de Moraes Sá, coordenador do curso explica que, na primeira e segunda semana, o enfoque do curso transcorre sobre a dinâmica da matéria orgânica do solo nos sistemas de manejo com ênfase no plantio direto. Ele registra que o curso terá as manhãs com aulas práticas e as tardes com ensino teórico. “A parte prática será no campo com a coleta de amostras do solo e da palhada e demonstração de métodos para avaliação de alguns atributos do solo”, observa. Na seqüência, as amostras são levadas para o Laboratório de Matéria Orgânica, quando será feito o manuseio e o preparo das amostras que serão analisadas. “Vamos tratar em detalhes do ciclo do carbono nos sistemas de manejo do solo visando dar suporte técnico e científico para os participantes estarem aptos a elaborar estratégias de manejo sustentáveis e falaremos dos detalhes dos compartimentos da matéria orgânica, suas características e funcionalidade e a interação com os sistemas de cultura”, enfatiza.


Curso de Manejo do Solo entra na 3ª edição, com 16 representantes de Universidades Internacionais

 
Voltar

© 2002 - Centro de Processamento de Dados - UEPG